Ordenar por: Ordem cronológica 
  • Russos fazem spinner gigante feito de carros
    por: BBC Brasil22/06/2017 14h27
    Um grupo de russos apaixonados por carros achou que um simples spinner não era o bastante para eles. Por isso, tiveram a inusitada ideia de tentar fazer uma versão gigante, usando veículos. O teste foi realizado na cidade de Novosibirsk, na Sibéria.
    Tags: bbc , rússia , aplicativo notícias , british broadcasting corporation , internacional - notícias

    Visualizações: 40 Comentários: 0

  • Meninos usam saias para protestar contra proibição de bermudas em escola
    por: BBC Brasil22/06/2017 14h27
    Cerca de 30 garotos britânicos vestiram saias para protestar contra as regras de uniforme de sua escola, que não permitem que eles usem bermudas. Os estudantes da ISCA Academy, de Exeter, na Inglaterra, pediram autorização para mudar o uniforme por causa do calor.
    Tags: bbc , reino unido , inglaterra , grã-bretanha , aplicativo notícias , british broadcasting corporation , internacional - notícias

    Visualizações: 924 Comentários: 0

  • A menina refugiada que virou top model nos EUA
    por: BBC Brasil22/06/2017 10h29
    Mari Malek é uma top model, DJ e atriz que vive em Nova York – e também uma refugiada do Sudão do Sul. Ainda criança, ela conseguiu permissão para entrar nos Estados Unidos após 4 anos vivendo em um campo de refugiados no Egito. Depois de passar por uma série de dificuldades, ela se tornou uma top model de sucesso, mas diz não ter esquecido de seu passado.
    Tags: bbc , eua , estados unidos , refugiado , sudão do sul , aplicativo notícias , british broadcasting corporation , internacional - notícias

    Visualizações: 495 Comentários: 0

  • A trágica perseguição aos albinos na Tanzânia
    por: BBC Brasil20/06/2017 12h40
    A vida de Mariam Bandaba mudou radicalmente em uma noite de 2008. Enquanto ela dormia, uma gangue entrou em sua casa e decepou suas mãos. E foi um de seus vizinhos quem a atacou com um facão. Mariam é albina e vive na Tanzânia, um dos países em que existe a crença de que pessoas que sofrem da falta de pigmentação na pele têm poderes mágicos. Partes decepadas são vendidas para "feiticeiros", que as usam em rituais de "magia". Com o auxílio de uma ONG americana, porém, Mariam se reinventou: ela recebeu próteses e treinamento em corte e costura industrial. Recentemente, ela conseguiu uma máquina, com a qual produz uma linha de suéteres e cachecóis.
    Tags: bbc , notícias , tanzânia , aplicativo notícias , british broadcasting corporation , internacional - notícias

    Visualizações: 2051 Comentários: 0

  • Eleitores do PT são mal informados ou defensores de mazelas, diz Doria
    por: BBC Brasil16/06/2017 14h44
    Em entrevista exclusiva à BBC Brasil, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), falou sobre diversos temas, da popularidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva até a megaoperação policial na cracolândia, no centro da cidade. Durante a conversa, Doria classificou os eleitores de Lula, líder nas pesquisas na corrida presidencial de 2018, como mal informados ou "defensores da mazela e do mal feito". “Ele (Lula) também é um inimigo do Brasil, embora tenha eleitores e uma base do eleitorado. Ou porque reconhece nele, mesmo diante das falcatruas, dos erros, das mazelas e das mentiras, um líder, o que é muito triste.” Apesar de dizer que a disputa eleitoral de 2018 é assunto para janeiro, o prefeito minimizou o crescimento do atual segundo colocado, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). “É um candidato assumido, faz campanha há um ano pelo Brasil e isso vai sensibilizando uma parcela dos eleitores. Mas não creio que seja uma sensibilização definitiva.” Questionado sobe a aliança com o governo de Michel Temer, Doria diz que “é preciso ter pragmatismo”. “Não é a defesa incondicional do presidente Temer nem a defesa incondicional do seu governo. É a defesa do país, do Brasil e da sua governabilidade. E ter a certeza e a convicção de que teremos as eleições realizadas no seu prazo determinado constitucionalmente, que é em outubro de 2018”, disse. Outro tema abordado na entrevista foi a operação que dispersou dependentes químicos e traficantes da cracolândia, em São Paulo, um dos maiores espaços abertos de consumo de drogas do mundo. “A cracolândia fisicamente onde estava, no quarteirão da rua Helvétia com a Dino Bueno, acabou e não volta mais. Enquanto eu for prefeito de São Paulo, eu posso assegurar que ali não volta mais”, afirmou. Após a operação, os usuários se espalharam pela cidade e formaram outra cracolândia na praça Princesa Isabel, próximo da anterior. A BBC Brasil questionou Doria a respeito disso. "Uma coisa é acabar fisicamente com o espaço da cracolândia. Outra coisa é o enfrentamento de uma questão longa e difícil que são os usuários."
    Tags: bbc , british broadcasting corporation

    Visualizações: 1043 Comentários: 0

  • O 'grito de socorro' da bailarina sem salário em seu adeus ao Brasil
    por: BBC Brasil15/06/2017 16h12
    Há exatos dez anos, Márcia Jaqueline realizava seu grande sonho: tornar-se primeira-bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, uma das principais instituições culturais do país. Foram anos de esforço até que ela conseguisse umas das posições de maior destaque do corpo de baile. “Depois que eu entrei, o meu sonho era terminar a minha carreira aqui”, diz Márcia, que começou a dançar no teatro aos 14 anos. Hoje, aos 35, ela se vê forçada a mudar de planos. No fim do ano passado, Márcia foi convidada a fazer parte do Salzburg Ballet, na Áustria. Sem perspectiva de que as condições de trabalho aqui melhorem no curto prazo, ela decidiu deixar o país. O Theatro Municipal é administrado pelo Estado do Rio, que passa por uma grave crise econômica. Os mais de 530 funcionários ativos, incluindo cerca de 200 artistas, não têm previsão de quando vão receber a totalidade do salário de abril, que começou a ser pago em parcelas nesta semana, nem o de maio ou o 13º do ano passado. O corpo de baile estava sem dançar desde o início do ano. Agora, os bailarinos decidiram se unir à Orquestra Sinfônica e ao coro do teatro para quatro apresentações de Carmina Burana, famosa cantata composta pelo alemão Carl Orff na década de 30 do século passado. “Trazer esta obra, neste momento, é um grito de socorro”, explica Márcia. Ela conta que artistas passaram a vender quentinhas e dirigir pelo aplicativo Uber para sobreviver. Há casais de artistas em que ambos estão sem receber, e muitos têm de escolher as contas que conseguem pagar no mês. “A gente está dançando para arrecadar feijão e arroz, porque famílias não têm o que comer”, diz a bailarina. Já foram doadas mais de 8 toneladas de alimentos, distribuídas como cestas básicas para os funcionários do teatro. Carmina Burana será o último espetáculo da primeira-bailarina antes de deixar o Brasil, no fim de julho. Como a profissão exige muito do corpo, Márcia explica que bailarinos costumam ter carreira curta. No auge da forma, ela diz que não pode ficar estagnada. A bailarina tirou uma licença não remunerada de dois anos, renovável por mais dois, para poder seguir dançando fora do país. “Eu batalhei tanto para chegar até aqui e não podia, neste momento, desanimar”, ela explica. “Mas eu quero voltar e fechar o meu círculo, porque aqui eu comecei e quero terminar aqui.” O espetáculo Carmina Burana será apresentado nos dias 15, 17, 18 e 20 de junho no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Video e reportagem: Ana Terra Athayde
    Tags: bbc , notícias , rio de janeiro , rj , theatro municipal do rio de janeiro , teatro municipal do rio de janeiro , aplicativo notícias , british broadcasting corporation

    Visualizações: 6661 Comentários: 0

Procurar Posts

Procure por título, descrição ou tags nos posts do autor

RSS O que é isto?